• A NOSSA MISSÃO
Super User

Super User

%AM, %23 %454 %2017 %10:%Out.

CAES Secundários

012- Culturas permanentes

  • 01290-Outras culturas permanentes

35- Electricidade, gás, vapor, água quente e fria e ar frio

  • 35113- Produção de electricidade de origem eólica, geotérmica, solar e de origem, n.e.

47- Comércio a retalho, excepto de veículos automóveis e motociclos

  • 47740- Comércio a retalho de produtos ortopédicos, em estabelecimentos especializados

56- Restauração e similares

  • 56290- Outras actividades de serviço de refeições (1)
  • 56301- Café (2)

85- Educação

  • 85100- Educação pré-escolar (3)
  • 85201- Ensino básico (1º ciclo)

86- Actividades de saúde humana

  • 86100- Actividades dos estabelecimentos de saúde com internamento/ Actividades de prática clínica em ambulatório, de medicina dentária e de odontologia
  • 86210- Actividades de prática médica de clínica geral, em ambulatório
  • 86220- Actividades de prática médica de clínica especializada, em ambulatório
  • 86230- Actividades de medicina dentária e odontologia
  • 86902- Actividades de ambulâncias
  • 86903-Actividades de enfermagem
  • 86906-Outras actividades de saúde humana não especificadas (6)

88- Actividades de Apoio Social sem alojamento

  • 88910- Actividades de cuidados para crianças, sem alojamento (4)
  • 88101- Acitividades de apoio social para pessoas idosas, sem alojamento (5)

96- Outras actividades dos serviços pessoais

  • 9601- 96010- Lavagem e limpeza a seco de têxteis e de peles (7)

Legenda:

  • (1) - Refeitórios e refeitórios sociais.
  • (2) - Bares e cafetarias.
  • (3) - Jardins de infância-destina-se a crianças a partir dos 3 anos. Compreende as actividades de educação pré-escolar para crianças com idades compreendidas entre os três anos e a idade de ingresso no ensino básico.

    A educação pré-escolar, no seu aspecto formativo, é complementar e/ou supletiva da acção educativa da família, desenvolvendo-se as actividades em estabelecimentos próprios (jardins de infância) ou em unidades escolares em que é também ministrado o ensino básico.
  • (4) - Compreende, nomeadamente, as actividades desenvolvidas por creches (para crianças até aos 3 anos), centros de actividade de tempos livres e amas. Inclui cuidados diários de crianças com deficiência e intervenção precoce.
  • (5) - Inclui centros de dia, de convívio, apoio domiciliário e entrega de refeições ao domicílio.
  • (6) - Compreende todas as actividades de saúde humana não incluídas nas posições anteriores, nomeadamente, as actividades de fisioterapia, optometria, ortóptica, dietética, hidroterapia, massagem, ginástica médica, terapia (ocupacional, da fala, etc.), quiropodia, homeopatia, acupunctura, hipoterapia, psicologia e actividades similares, exercidas em consultórios privados, nos postos médicos das empresas, escolas, lares, no domicílio ou noutros locais (inclui todos os estabelecimentos de saúde, sem internamento não englobados nas subclasses anteriores). Compreende também as actividades exercidas pelos assistentes dentários (ex: os especialistas em terapia dentária), pelas enfermeiras dentárias de escolas e higienistas (que podem não trabalhar em consultórios de dentistas mas cuja actividade é regularmente controlada por estes).
  • Nota: caso as refeições ao domicílio não possam ser admitidas no CAE 88101, poderão vir a ser contepladas no CAE 56290
  • (7) - Compreende as actividades das lavandarias (lavagem, passagem a ferro, limpeza a seco, tingimento, etc.) para todos os tipos de vestuário e artigos têxteis (carpetes, cortinados, etc.); executadas por processos mecânicos, manuais ou automáticos (inclui máquinas accionadas por moedas e operada spelo utilizador), qualquer que seja o cliente (público em geral, empresas, instituições, etc.) ou o local. Inclui arranjos (inclui cerzido), recolha, entrega e aluguer de roupa (inclui uniformes) associadas às actividades das lavandarias, assim como serviços de passagem a ferro (com ou sem recolha e entrega), independentes das lavandarias. Não inclui branqueamento e tingimento industriais, aluguer de vestuário, mesmo com limpeza e lavagem e reparação de vestuário como actividade independente.
%PM, %20 %530 %2017 %12:%Out.

Pesquisa

%PM, %13 %608 %2017 %14:%Out.

Donativo Regular

As doações monetárias são a melhor forma de ajudar as pessoas carenciadas ou vítimas de desastres, porque o dinheiro pode, de forma muito rápida e simples, ser transferido para qualquer conta bancária ou convertido imediatamente nos bens necessários, em qualquer parte de Portugal ou do mundo. Desta forma, a Cruz Vermelha pode usar o seu forte poder de compra para beneficiar o maior número de pessoas e ajustar a resposta muito rapidamente a necessidades e prioridades variáveis.

Os donativos regulares têm uma relação custo/eficácia mais vantajosa. Estes são um “rendimento” previsível e consistente que permitem à Cruz Vermelha Portuguesa melhor planear o futuro e gerir orçamentos e, assim, ser mais eficiente. Os donativos regulares dão à Cruz Vermelha Portuguesa não só os fundos necessários para prosseguir com a sua actividade, como também a segurança e a confiança para reagir assim que as situações de emergência aconteçam, tenham ou não estas cobertura mediática.

Para além disto, o donativo regular também beneficia o doador que poderá repartir o seu donativo por um determinado período de tempo e, assim, despender menos dinheiro de uma só vez.

%PM, %13 %606 %2017 %14:%Out.

Donativo Pontual

As doações monetárias são a melhor forma de ajudar as pessoas carenciadas ou vítimas de desastres, porque o dinheiro pode, de forma muito rápida e simples, ser transferido para qualquer conta bancária ou convertido imediatamente nos bens necessários, em qualquer parte de Portugal ou do mundo. Desta forma, a Cruz Vermelha pode usar o seu forte poder de compra para beneficiar o maior número de pessoas e ajustar a resposta muito rapidamente a necessidades e prioridades variáveis.

Relatório Emergência

INCÊNDIOS FLORESTAIS

Actualização
17/06 - 31/08, 2017

Esta foi a segunda edição deste tipo de formação organizada pelo gabinete Psicossocial da Cruz Vermelha Portuguesa e dinamizada pelo psicólogo Bruno Brito.

%PM, %26 %507 %2017 %12:%Set.

9 anos de trabalho Psicossocial

Setembro assinala-se enquanto mês de prevenção do suicídio e no início de Outubro celebra-se o Dia Mundial da Saúde Mental.

 Os primeiros socorros são gestos simples que salvam vidas e aliviam o sofrimento humano.

%PM, %08 %593 %2017 %14:%Set.

Prevenir, Capacitando

A Cruz Vermelha Portuguesa através do gabinete Psicossocial da Sede Nacional organizou, entre os dias 1 e 3 de Setembro, a segunda edição da formação Intervenção Psicossocial em Crise, dinamizada pelo psicólogo Bruno Brito.

Submissão de propostas de comunicações até 15 de setembro

 

O grupo de Museus e Instituições de Ciência e Ciências da Saúde da área metropolitana de Lisboa promove, nos dias 8 e 9 de novembro de 2017, no Museu da Farmácia (Lisboa), o Encontro Património, Ciência e Saúde: Intervir, Conhecer, Preservar e Valorizar.

Pág. 20 de 212
Powered by jms multisite for joomla